09/02/2017

Exposição "D’aprés Abel Salazar" no IJUP 2017

A exposição D’aprés Abel Salazar, produzida por estudantes da Faculdade de Belas Artes da Universidade do Porto (FBAUP) marcou o arranque da 10ª edição do IJUP – Encontro de Investigação Jovem da Universidade do Porto. 

Entre os dias 8 e 10 de fevereiro, o IJUP 2017 apresenta a exposição D’après Abel Salazar, um estudo sobre as técnicas de gravura utilizadas por Abel Salazar, num projeto desenvolvido por estudantes do mestrado em Desenho e Técnicas de Impressão, na FBAUP, sob coordenação da professora Graciela Machado, numa parceria com a Casa-Museu Abel Salazar e a sua coordenadora, Luísa Garcia Fernandes.

Iniciado em setembro de 2016, o projeto D’après Abel Salazar: processo, materialidade, metamorfose pretende redescobrir as técnicas de gravura usadas por Abel Salazar. São águas-fortes, pontas secas e monotipias consideradas de grande qualidade mas de particular execução pois é notório que Abel Salazar não usava a técnica de gravura como meio de reprodução técnica, tal como era usual no seu tempo, mas como forma de experimentação gráfica, e é a partir deste pressuposto que se pretende refletir sobre várias questões: de que modo os processos de desenho e gravura possuem uma natureza experimental e de que forma estão relacionados; como se caracterizam os seus modelos de trabalho; como se relacionam desenhos e gravuras com as restantes áreas de atuação de Abel Salazar e como podem estas pistas servir uma prática artística contemporânea e como pode esta apoiar o entendimento da obra de Abel Salazar. 

O IJUP 2017, a decorrer no Centro de Investigação Médica da Faculdade de Medicina do Porto, conta com a participação de mais de 1300 estudantes de licenciatura, mestrado integrado e mestrado. São 230 apresentações orais e 170 apresentações em poster que darão a conhecer os novos talentos da ciência da Universidade do Porto.